ELEIÇÕES PARA A ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA

Informações aos Eleitores

Terão lugar, no próximo dia 30 de janeiro as eleições para a Assembleia da República.

Pede-se a melhor atenção de todos os eleitores para as seguintes informações:

VOTO POR CORRESPONDÊNCIA

Votam por correspondência aqueles eleitores recenseados em Cabo Verde e que, oportunamente, não tenham expressado intenção de votar presencialmente.

Para o efeito, as autoridades portuguesas competentes, procederam à expedição dos boletins de voto, envelopes porte pago, orientações e demais elementos necessários para as moradas que constam nos respetivos Cartões de Cidadão.

Àqueles cidadãos que ainda não receberam os seus boletins de voto por correio recomenda-se que se dirijam aos postos de correio das suas áreas de residência.

Os votos por via postal devem ser remetidos pelo próprio eleitor até ao dia 29 de janeiro (data do correio) e deverão ser recebidos até ao dia 9 de fevereiro, véspera do dia da contagem dos votos provenientes do estrangeiro (que ocorrerá a 10 de fevereiro).

VOTO PRESENCIAL

Votam presencialmente aqueles eleitores que, oportunamente, tenham expressado a sua intenção de votar presencialmente.

Os votos presenciais ocorrerão nos dias 29 e 30 de janeiro na Embaixada de Portugal na Praia e no Escritório Consular no Mindelo (em horário normal de expediente).

VOTO ANTECIPADO

O voto antecipado terá lugar nos dias 18, 19 e 20 de janeiro, em horário de expediente (das 09:00 às 12:45 e das 14:30 às 17:00), na Embaixada de Portugal na Praia e no Escritório Consular no Mindelo.

Votam antecipadamente nos dois locais referidos apenas aqueles eleitores que se encontrem em Cabo Verde nas seguintes circunstâncias:

  1. no exercício de funções públicas;
  2. no exercício de funções privadas;
  3. em representação oficial de seleção nacional organizada por federação desportiva dotada de estatuto de utilidade pública desportiva;
  4. enquanto estudantes, professores, investigadores e bolseiros de investigação deslocados em instituições de ensino superior, unidades de investigação ou equiparadas;
  5. em tratamento médico;
  6. como acompanhantes dos eleitores mencionados nos pontos anteriores.

Em qualquer das situações descritas se aplicarão as melhores práticas de saúde pública, designadamente o uso de máscara, distanciamento social e desinfeção das mãos.

Recomenda-se que os eleitores usem a sua própria caneta.

  • Partilhe