Como determina a Lei do Serviço Militar, os cidadãos portugueses, de ambos os sexos, nascidos no ano de 2003, residentes no estrangeiro com carácter permanente há mais de 6 meses, ou que tenham ali nascido e aí permaneçam, devem, obrigatoriamente, comunicar ao Balcão Único da Defesa, a sua opção (até 31 de março de 2022):

1 - Solicitar a marcação de dia para cumprimento do dever militar de comparência ao DDN, através do preenchimento de requerimento obtido através do seguinte endereço: https://bud.gov.pt/ddn/convocacao/marcacao.html

2 - Requerer a dispensa de comparência ao DDN caso resida legalmente no estrangeiro com carácter permanente e contínuo, há mais de seis meses, através do preenchimento de requerimento obtido através do seguinte endereço: https://bud.gov.pt/ddn/dispensa/requerer.html

Os jovens devem enviar o requerimento da sua opção para o seguinte email: ddn@defesa.pt

Os jovens convocados para o DDN 2022 são os constantes dos editais de convocação afixados no consulado que também podem ser consultados em: https://ddn.dgrdn.gov.pt/

No caso dos jovens que optem por requerer a dispensa de comparência ao DDN devem juntar ao requerimento os seguintes documentos:

 - Cópia/Digitalização do Cartão de Cidadão ou Bilhete de Identidade;

 - Documento que comprove que reside legalmente no estrangeiro com carácter permanente e contínuo, há seis meses ou mais (obtido no consulado); ou

 - Certificado de matrícula emitido por estabelecimento de ensino; ou

 - Contrato de Trabalho com prazo igual ou superior a 6 meses

Para esclarecimento de qualquer dúvida relacionada com o DDN devem contatar o Gabinete do Adido de Defesa, através do email: adidodef.cidadepraia@emgfa.pt

  • Partilhe